7 de julho de 2011


Cor e sons de escuridão
não escondem o que falta
Com a ponta dos dedos, tateio em direção
ao que não vai me dar resposta.
.

2 bedelhos:

Mel Andrade disse...

Isso me lembrou um monte de coisa sobre a mesma coisa. Me lembrou Skank: "só pra saber o que você achou dos versos que eu fiz e ainda espero resposta...". Me lembrou Elizeth: "e a resposta é o silêncio que atravessa a madrugada". Me lembrou que eu não vou conseguir comentar isso com um comentário perspicaz pq, porra, pq eu entendi essa, colega. Entendi mermo e concordo plenamente.

Mel Andrade disse...

Gente, e agora que eu li de novo e entendi diferente? kkkkkkkkkk

 

Copyright 2010 Verbo Intransigente.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.