4 de julho de 2011


Me contradigo até em poesia
quando antes ponho em prosa
a ambição de transcender;
e transgrido
sem motivo
e afirmo
em excesso
e transcorro
sem progresso
e regresso
sem crescer.
.

5 bedelhos:

Isama Hali disse...

Eu sei, meu verbo ainda é imaturo...
mas eu juro:
é do bem.

Mel Andrade disse...

Se maturar a gente come. Se apodrecer e fermentar a gnt morde e alucina.

Mel Andrade disse...

Isso é quase culinário: sua poesia é prosa solada por excesso de fermento?

O que importa é que o recheio tá gostoso.

Isama Hali disse...

Mel, você é uma poetisa encubada. Das boas. Saia desse armário, que ele não te pertence - e volte a bloggar!

Iana Carolina disse...

Vou me intrometer... pra elogiar o post e pra reforçar essa afirmação sobre a poesia de Mel.
Pronto.

 

Copyright 2010 Verbo Intransigente.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.